Blog

Vamos falar de adolescência?

Vamos falar de adolescência?

Psicoterapia
Estudo diz que adolescência vai até os 24 anos e divide opiniões. Em meio à fase da adolescência o sonho de todo jovem é atingir a maioridade para ser dono de seu próprio nariz e senhor de suas ideias. Entretanto, um estudo feito por cientistas australianos opõe-se a essa idealização de vida planejada por aqueles que acabaram de completar os tão sonhados 18 anos e estão comemorando a entrada na vida adulta. De acordo com esse estudo, o período da adolescência, enquadrado dos 10 aos 19 anos, ganhou uma sobrevida e se estendeu por mais cinco anos. O argumento usado para defender essa mudança é de que os jovens têm optado cada vez mais por prolongarem seus estudos, logo, acabam adiando decisões que marcariam o início da vida adulta, como…
Leia Mais
Dicas para ter coragem de terminar um relacionamento infeliz

Dicas para ter coragem de terminar um relacionamento infeliz

Psicoterapia
Você encontra dificuldade em terminar um relacionamento? Mesmo que ele esteja ruim? Então essas dicas são pra você se encorajar a tomar essa decisão.  1) Pare de encontrar desculpas para o comportamento dele: as mulheres tendem a ser melhores nisso do que os homens. Ele nunca liga quando promete? Deve estar preso no trabalho. Mas esse nosso jeito compreensivo demais pode nos deixar cegas. As pessoas nos mostram quem elas são o tempo todo, mas é preciso ter coragem para querer enxergar. Pare de criar desculpas para ele e você começará a ver o relacionamento de forma mais clara. E aí, sim, decida se você quer continuar fazendo parte dele. A maior causa de raiva após o término de um relacionamento é o sentimento de traição causado pela fantasia feita…
Leia Mais
Quem pode praticar a Acupuntura no Brasil?

Quem pode praticar a Acupuntura no Brasil?

Acupuntura
Quem pode praticar a acupuntura no Brasil? Este questionamento, antes feito por pouquíssimos, começa a rodear o pensamento de várias pessoas. Muito já se falou sobre a necessidade da formação em medicina para o exercício desta milenar técnica. No entanto, parece que esqueceram de explicar como ela é praticada nos demais países do mundo. A Organização Mundial de Saúde publicou em 2001 um amplo levantamento sobre a situação das medicinas alternativas no mundo, e verificou que somente em dois países a acupuntura é restrita a médicos: Arábia Saudita e Áustria. Tal constatação se contrapõe frontalmente aos radicais que tentam creditar esta técnica milenar como um ato exclusivamente médico. Em mais de 50 países, porém, todo indivíduo com a devida formação em acupuntura pode praticá-la. Assim, não apenas os médicos, mas…
Leia Mais
Memória

Memória

Psicoterapia
Há duas maneiras pelas quais o cérebro adquire e armazena informações: a memória de procedimento e a memória declarativa. Essas duas formas divergem tanto no que diz respeito aos mecanismos cerebrais envolvidos, como nas estruturas anatômicas. A memória de procedimento (também chamada implícita) armazena dados relacionados à aquisição de habilidades mediante a repetição de uma atividade que segue sempre o mesmo padrão. Nela se incluem todas as habilidades motoras, sensitivas e intelectuais, bem como toda forma de condicionamento. A capacidade assim adquirida não depende da consciência. Somos capazes de executar tarefas, por vezes complexas, com nosso pensamento voltado para algo completamente diferente. Por outro lado, a memória declarativa (também chamada explícita) armazena e evoca informação de fatos e de dados levados ao nosso conhecimento através dos sentidos e de processos…
Leia Mais
Pseudolalia e Mitomania

Pseudolalia e Mitomania

Psicoterapia
A Pseudolalia é uma mentira compulsiva resultante de um longo vício de mentir. A pessoa mente por mentir, perde a noção do que é verdade ou não, convence-se das mentiras como puras verdades. Pode conduzir a graves distúrbios de personalidade, podendo o pseudolálico acabar por perder a sua individuação e viver num real criado imaginariamente, comportando-se de uma forma difícil de contato humano e só com tratamentos profundos poderá melhorar. As pessoas perdem lenta e gradualmente a consciência da gravidade da doença que vão adquirindo, porque a sua realidade vai perdendo cada vez mais sintonia com o verdadeiro real. Por fim o vício de mentir é um ato inconsciente e perante a mais simples situação de fuga à verdade brota espontaneamente e como uma repetição compulsiva e criação de verdades inexistentes. A…
Leia Mais
Que tipo de mãe é você?

Que tipo de mãe é você?

Psicoterapia
Não existe uma única razão para se justificar uma mãe com comportamento agressivo e violento com seus filhos, e sim, um conjunto de fatores. Basicamente, trata-se de alguém que traz consigo uma coleção de frustrações da sua infância, somados com a falta de autocontrole e equilíbrio emocional, alta carga de ansiedade, medos, impaciência, referências do ambiente onde foi criada, insatisfação com sua vida conjugal e profissional, falta de administração dos seus conflitos internos, entre outros. A criança pode ter inúmeras representações inconscientes no emocional do sujeito. Fácil e rapidamente somos capazes de confundir os papéis. Bem, uma coisa é certa: você, mãe agressiva e violenta, influencia diretamente na personalidade e vida do seu filho. Negativamente. A criança de hoje que vive sob estas condições será o adulto altamente problemático de…
Leia Mais
Você conhece os sintomas da depressão?

Você conhece os sintomas da depressão?

Psicoterapia
O corpo pede socorro de muitas formas, o sentimento de tristeza é só uma delas. Mal compreendida e ainda cercada de preconceito, a depressão aflige muita gente que prefere guardar o silêncio quanto à doença em vez de dividir o problema com os amigos ou as pessoas próximas: dificuldades de relacionamento e baixa autoestima tornam cada dia um obstáculo duro de vencer. Sentir tudo isso na pele dói e, atualmente, mais de 17 milhões de brasileiros sofrem com os sintomas da depressão, de acordo com a Organização Mundial da Saúde - no mundo, os números ultrapassam 120 milhões de diagnósticos. A tristeza profunda é um dos sinais mais conhecidos da doença que, no entanto, provoca muitas outras complicações no corpo, algumas raramente associadas à depressão. Entenda e descubra o quanto você conhece…
Leia Mais
É hora de recomeçar…

É hora de recomeçar…

Vida Saudável
Abrir mão do relacionamento ou do emprego muitas vezes é o caminho mais sensato para viver melhor. Entenda por que agir assim não é obrigatoriamente sinônimo de derrota. Desistir também é mudar algo que está ruim, e isso, por si só, pode significar um grande alívio. Insista, persista, tente outra vez. Em artes compartilhadas nas redes sociais, em cartões (ainda há quem mande cartões de papel para amigos e familiares) e até nas letras de músicas, tais palavras de ordem deixam uma mensagem única: é proibido desistir, mesmo que isso signifique ficar triste, sofrer e até adoecer. Mas se uma situação não faz bem, por que a tendência da maioria das pessoas é permanecer nela? “Na sociedade competitiva em que vivemos, somos criados para não assumir uma ‘derrota’. E, para…
Leia Mais
Você dá atenção ao seu filho?

Você dá atenção ao seu filho?

Psicoterapia
Hoje gostaria de convidar você mamãe, você papai, para refletirem sobre a atenção dada aos seus filhos. Diariamente, na clínica, me deparo com crianças cada vez mais estressadas, sem limites, ansiosas, inseguras. (leia sobre o stress infantil, neste site). Pais desesperados em "consertar" as crianças e seus comportamentos desajustados. Qual é a atenção que você dá ao seu filho? - É a atenção de qualidade: de tempo, brincar, contar uma história, jogar bola, passear de bicicleta, tomar um sorvete, cantar, rir, dançar...o que de fato você tem feito??? - É a atenção de quantidade: olha o que eu trouxe pra você hoje! se você obedecer a vovó, levo um brinquedo!, que doce você quer? Não precisa chorar, amanhã a mamãe traz pra você! Então, reflita sobre a devida atenção que…
Leia Mais
Férias do mundo virtual

Férias do mundo virtual

Vida Saudável
Quanto tempo faz que você não se desliga do celular, whatsapp e das redes sociais? Já pensou? Pois é, bastante tempo não é mesmo!? Que tal você também tirar férias do mundo virtual? Experimente outras sensações, como:  Deitar numa rede e ler um livro; Sentar debaixo de uma árvore, fazer um pic nic no parque com as crianças ou com a namorada, ouvir uma música relaxante; Ouvir o canto dos pássaros. Já percebeu como é lindo?; Tomar chuva, que delícia! Lavar a alma; Caminhar de mãos dadas com seu amor, enquanto tomam sorvete. Tudo de bom!; Andar de bicicleta e sentir a brisa no seu rosto; Caminhar pela areia da praia, molhando os pés na água do mar, enquanto a onda quebra nas suas pernas; Sentar no banco de uma…
Leia Mais